MILIONÁRIO & MARCIANO FAZEM SHOW INÉDITO DE GRAVAÇÃO DO DVD PROJETO LENDAS

noticia28-660x330Lendas. Palavra perfeita para definir Milionário & Marciano e também o encontro histórico destes expoentes do sertanejo de raiz. A dupla, unida em ocasião mais que especial, vai encher o Citibank Hall, no dia 11 de novembro, com o fino da música caipira, trazendo modões, romances, histórias, causos e tudo o mais que há de bom neste estilo brasileiríssimo.

Cada um possui mais de 40 anos de carreira, com sucessos que andam lado a lado com a evolução da música sertaneja, que ganhou mais notoriedade muito graças a estes dois quando ainda faziam duplas com José Rico (que nos deixou no início deste ano) e João Mineiro (falecido em 2012). Agora, Milionário & Marciano homenageiam seus antigos parceiros de viola, mantendo mais acesa do que nunca a chama apaixonada.
Difícil escolher um repertório dentre as centenas de canções lançadas e eternizadas por estes nomes, mas Milionário & Marciano prometem uma ode à música sertaneja de raiz como jamais se viu e que, felizmente, ficará gravada para as próximas gerações.

Milionário e Marciano (por Marcos Frota e César Menotti)

Modão: a palavra ainda inexistente no dicionário da língua portuguesa, mas completamente presente no vocabulário popular. Modão é aquela música que está entre o sertanejo de raiz e o sertanejo contemporâneo, geralmente romântica, com sofrimento ou não, mas sempre muito apaixonada.

O sertanejo deixou o campo nos anos 1970 e migrou para a cidade. Aqui já mais romântica e boêmia, a moda de viola ganhou expressão nacional no final da década de 1970, quando a música, até então caipira, passou a ser conhecida como música sertaneja. Absorvendo em suas letras temas atuais, ultrarromânticos, ligados ao cotidiano das pessoas.

Exatamente nessa época surgem as grandes duplas, entre elas, duas que souberam como manter o equilíbrio entre o rural e o urbano, entre a estrada de terra, o gado, os bares e as boates dos grandes centros. Milionário & José Rico e João Mineiro & Marciano. Ninguém representou melhor a evolução da música sertaneja.

O tradicional circo brasileiro foi primeiro grande palco. A milenar arte circense acolheu, interagiu e escreveu algumas das mais lindas histórias da música sertaneja.

João Mineiro nos deixou em 2012 e José Rico em 2015. Ambos partindo muito antes do combinado, pois ainda havia muito a ser mostrado.

Milionário & Marciano: quis o destino que eles se encontrassem. As maiores lendas da música sertaneja em atividade. Um marco na cultura popular brasileira. O maior acontecimento dos últimos cem anos da música sertaneja. Um encontro histórico e uma declaração de amor ao circo. Certamente um evento como este não acontecerá novamente.

COMPARTILHAR