Marília Mendonça divulga três músicas inéditas do novo DVD

Marília Mendonça lança três faixas inéditas de seu mais novo DVD, ‘Realidade‘, “Traição Não Tem Perdão“, composição da própria cantora em parceria com o fiel amigo, Juliano Tchula, “Amante Não Tem Lar‘, assinada também pela parceria de sucesso entre Marília e Tchula e terceira, “De Quem É A Culpa“, canção que Marília Mendonça dedicou ao saudoso Cristiano Araújo no dia da gravação do DVD. Mais uma vez, composição de Marília Mendonça e Juliano Tchula.

Confira logo abaixo..

Marília Mendonça – Traição Não Tem Perdão

Letra:

A luz amarela do quarto
Em que a gente dormiu
Por dois anos e uns dias
Me fez lembrar que eu sabia
De fato o que era ser feliz

Deslize ou vontade própria
Eu tranquei a porta
E abri a janela
Pulei pra bem longe da felicidade
E aí que eu caí

As coisas não iam tão bem entre nós
Mas nada justifica uma traição
Errei admito que foi minha culpa
Já sabe minha opinião

Já deixei minhas coisas lá de fora
Já que insiste que não vai embora
Não me olha assim que eu não mereço
Hoje eu sou alguém que eu desconheço

Já que desonrei nossa família
Isso ia acontecer um dia
Uma hora as coisas vêm à tona
Eu aceito o seu não
Traição não tem perdão

Marília Mendonça – Amante Não Tem Lar

Letra:

Só vim me desculpar
Eu não vou demorar
Não vou tentar ser sua amiga
Pois sei que não dá

Você vai me odiar
Mas eu vim te contar
Que faz um tempo
Eu me meti no meio do seu lar

Sua família é tão bonita
Eu nunca tive isso na vida
E se eu continuar assim
Eu sei que não vou ter

Ele te ama de verdade
E a culpa foi minha
Minha responsabilidade eu vou resolver
Não quero atrapalhar você

E o preço que eu pago
É nunca ser amada de verdade
Ninguém me respeita nessa cidade
Amante não tem lar
Amante nunca vai casar

E o preço que eu pago
É nunca ser amada de verdade
Ninguém me respeita nessa cidade
Amante não vai ser fiel
Amante não usa aliança e véu

Marília Mendonça – De Quem É A Culpa

Letra:

Exagerado sim
Sou mais você que eu
Sobrevivo de olhares
E alguns abraços que me deu

E o que vai ser de mim?
E meu assunto que não muda
Minha cabeça não ajuda, loucura, tortura

E que se dane a minha postura
Se eu mudei você não viu
Eu só queria ter você por perto
Mas você sumiu

É tipo um vício que não tem mais cura
E agora de quem é a culpa?
A culpa é sua por ter esse sorriso
Ou a culpa é minha por me apaixonar por ele
Só isso

Não finja que eu não estou falando com você
Eu tô parado no meio da rua
Eu tô entrando no meio dos carros
Sem você a vida não continua

Não finja que eu não estou falando com você
Ninguém entende o que estou passando
Quem é você que eu não conheço mais

Me apaixonei pelo que eu inventei de você

Deixe um comentário

comentários