A dupla Lucca&Lorenzo, lança seu primeiro sucesso nacional em parceria com o cantor sertanejo Loubet. A música “TÁ BAIXO PRA ROÇÁ” tem o ritmo do sertanejo universitário com um estilo engraçado e apaixonado.

Os parceiros Lucca e Lorenzo partilham do mesmo espírito sertanejo. Lucca tem contato com a música desde pequeno, seu pai não perdia nenhuma oportunidade de estar com o violão na mão cantando para a família e amigos, crescendo neste meio, acabou herdando a mesma paixão. Já Lorenzo apesar de ter iniciado sua carreira como ator, participando até da novela malhação, seu coração sempre foi sertanejo. É companheiro, hoje a música deles é pedida certa nas festas e vai tocando de novo, de novo, de novo, de novo e de novo.

Confira Lucca & Lorenzo part. Loubet – Tá Baixo pra Roçá

Letra

É companheiro
Eu tô bebendo mesmo o dia inteiro
Não é pra fazer bonito, eu tô sofrendo mesmo
A cada gole que eu tomo eu lembro um tombo
Senta aqui do meu lado que eu te conto

É companheiro
Eu tô sofrendo feito um burro carroceiro
Levando desaforo igual servente de pedreiro
E desse jeito, onde é que eu vou parar

Ah, tá baixo pra roça
Tá alto pra carpi
“moiado” pra queimar
Eu tô tomando fogo

Tá baixo pra roça
Tá alto pra carpi
“moiado” pra queimar
Enquanto ela não voltar

Eu vou bebendo de novo, de novo
De novo, de novo, de novo
Vou bebendo de novo, de novo
De novo, de novo, de novo
Eu vou bebendo de novo

[solo]

É companheiro
Eu tô bebendo mesmo o dia inteiro
Não é pra fazer bonito, eu tô sofrendo mesmo
A cada gole que eu tomo eu lembro um tombo
Senta aqui do meu lado que eu te conto

É companheiro
Eu tô sofrendo feito um burro carroceiro
Levando desaforo igual servente de pedreiro
E desse jeito, onde é que eu vou parar

Ah, tá baixo pra roça
Tá alto pra carpi
“moiado” pra queimar
Eu tô tomando fogo

Tá baixo pra roça
Tá alto pra carpi
“moiado” pra queimar
Enquanto ela não voltar

Eu vou bebendo de novo, de novo
De novo, de novo, de novo
Eu vou bebendo de novo, de novo
De novo, de novo, de novo
Eu vou bebendo

Ah, tá baixo pra roça
Tá alto pra carpi
“moiado” pra queimar
Eu tô tomando fogo

Tá baixo pra roça
Tá alto pra carpi
“moiado” pra queimar
Enquanto ela não voltar

Eu vou bebendo de novo, de novo
De novo, de novo, de novo
Eu vou bebendo de novo, de novo
De novo, de novo, de novo
Eu vou bebendo de novo

Ah, tá baixo pra roça
Tá alto pra carpi
“moiado” pra queimar
Eu tô tomando fogo
Tá baixo pra roça
Tá alto pra carpi
“moiado” pra queimar
Enquanto ela não voltar

Eu vou bebendo de novo, de novo
De novo, de novo, de novo
Eu vou bebendo de novo, de novo
De novo, de novo, de novo
Eu vou bebendo de novo

É companheiro, eu tô bebendo
Mesmo o dia inteiro

Deixe um comentário

comentários