Eduardo Costa desabafa após ser acusado de racismo nas redes sociais

Acusado de fazer comentários racistas sobre um amigo com quem postou uma foto, o cantor sertanejo Eduardo Costa usou as redes sociais para desabafar sobre o episódio, onde ele chamou o amigo negro de “tiziu”, “mussun” e “criolo”, em referência a cor da pele dele. Em sete vídeos, o sertanejo critica o que ele chamou de geração “Nutella” e afirma que antigamente as pessoas tinham liberdade para brincar com outras “sem se preocupar com processos”.

Eduardo-Costa-Instagram

Sou de uma geração que a gente não precisava se preocupar em ser processado por apelido dados aos amigos”, afirmou o cantor.

Eduardo Costa falou que, apesar das críticas, continuará a brincar com os amigos da mesma forma. O amigo do sertanejo chama-se José Cláudio de Oliveira.

Na postagem original, Costa diz que o próprio amigo o chama de “nanico”, “alpinista de cupim” e “pintor de roda pé”. “O José Cláudio faz parte da família”, encerra.

Confira no vídeo abaixo:

Deixe um comentário

comentários