BRUNO E BARRETTO LANÇAM SINGLE DE SÉRIE MUSICAL GRAVADA NOS EUA“Bêbado no Máximo” é a primeira música do DVD “Blessed” que será divulgado em formato inédito de web série ao longo de três meses.

Bruno e Barreto estão muito empolgados com o lançamento da música, que foi a faixa escolhida para ser carro-chefe do trabalho, gravado nos Estados Unidos da América (EUA).

Composta por Junior Angelin, chegou às mãos da dupla e sócios nos momentos finais da pós-produção dos capítulos e, como não poderia ficar de fora, foi acrescentada ao repertório aos “47 minutos do segundo tempo”.

É uma música que tem a linguagem de Bruno e Barretto. Gostamos de falar de amor, mas nossos grandes sucessos falam de farra e pinga”, conta Barretto.

Com produção da Gogacine Filmes, o projeto foi filmado ao longo de 12 dias nos Estados Unidos em uma grande aventura que percorreu seis estados, passando por oito cidades americanas.

Confira logo abaixo:

Letra: Bêbado No Máximo – Bruno e Barretto

A verdade é que a sociedade não tem dó do bêbado,
você me julga, mas não me pergunta por que eu bebo assim.
Você não perguntou, mas eu vou falar do mesmo jeito:
É que a minha paixão não quer mais saber de mim.
E é por isso, que hoje de novo eu vou ficar…
Bêbado no máximo, sofrendo no máximo,
se não sofre de amor não venha me dar sermão,
me pedindo pra apreciar com moderação.
Bêbado no máximo, sofrendo no máximo,
pra que todo esse preconceito comigo?
Se eu só esvazio essas garrafas pra preencher o vazio.

A verdade é que a sociedade não tem dó do bêbado,
você me julga, mas não me pergunta por que eu bebo assim.
Você não perguntou, mas eu vou falar do mesmo jeito:
É que a minha paixão não quer mais saber de mim.
E é por isso, que hoje de novo eu vou ficar…
Bêbado no máximo, sofrendo no máximo,
se não sofre de amor não venha me dar sermão,
me pedindo pra apreciar com moderação.
Bêbado no máximo, sofrendo no máximo,
pra que todo esse preconceito comigo?
Se eu só esvazio essas garrafaaaaas…

Bêbado no máximo, sofrendo no máximo,
se não sofre de amor não venha me dar sermão,
me pedindo pra apreciar com moderação.
Bêbado no máximo, sofrendo no máximo,
pra que todo esse preconceito comigo?
Se eu só esvazio essas garrafas pra preencher o vazio.